Quando a realidade não é tão diferente dos quadrinhos

Publicado: 15 de janeiro de 2011 em Diversos, Filmes
Tags:,

Howdy?!

Eu fiquei impressionado quando li esta notícia. Quer dizer, eu sempre me perguntei o porque que as pessoas não faziam justiça com as próprias mãos? Se você tem dinheiro o suficiente, pode ser um Batman. Um Homem de Ferro é um pouco demais. Mas para ser um especialista em artes marciais, criminologia, entre outras coisas, é só se dedicar que qualquer um consegue. Conseguir o equipamento é o mais difícil, mas depois disso é só  sair por aí quebrando bandidos.

Tá, eu não acredito totalmente nisso que você acabou de ler, mas provavelmente é assim que os caras, que você vai conhecer aqui, pensam.

Existe um grupo nos EUA chamado de Rain City Superhero Movement. São pessoas “normais” que quando não estão em suas casas, ou empregos, ou com suas famílias, estão nas ruas combatendo o crime. E o melhor, todos eles tem fantasias e codinomes. E isso surgiu antes de Kick Ass, (de acordo com o que ouvi falar, o Mark Millar teria se inspirado em pessoas assim para criar essa HQ)!!!

O mundo tomou conhecimento desse pessoal em Novembro de 2010, quando, em Seatle – EUA. Um homem estava prestes a ter seu carro roubado quando das sombras sai um homem fantasiado de super-herói, que impede o roubo, persegue e prende os criminosos. Mentira? Nunca neste blog. Veja o vídeo da notícia original.

O nome do herói é Phoenix Jones, ele é dono de uma loja de quadrinhos durante o dia e um vigilante durante a noite, seu esconderijo “secreto” fica na sua loja de quadrinhos. Segundo o próprio “herói” as pessoas do grupo que ele faz parte, tem todos formação militar, sabem lutar e contam com algum tipo de equipamento. Ele mesmo tem um bastão-taser (bastão que dá choques).

Confira o site oficial do grupo aqui. O grupo conta com os seguintes heróis: Thorn, Buster Doe, Green Reaper, Gemini, No Name, Catastrophe, Thunder 88 e Penelope. Leia o que a polícia de Seatle tem a dizer sobre os vigilantes mascarados de lá aqui.

A Fantasia é até legal

Agora vamos aos meus comentários.

Quando eu li Kick Ass, fiquei pensando no argumento do protagonista é bem válido, pelo menos eu acho:

“Por que você acha que ninguém tentou ser um super-herói antes?…Colocar uma máscara e ajudar as pessoas não é impossível….Não é todo mundo que chega a ser uma estrela do rock, mas isso não impede as pessoas de comprarem guitarras. “

Realmente, não é um argumento absurdo. Qualquer um poderia vestir um uniforme e sair por aí impedindo crimes menores como o Phoenix Jones fez, mas sabemos a quantidade de coisas ruins que podem acontecer se nós tentarmos esse tipo de coisa.

Isso é o mínimo que pode acontecer com você

Mas aí eu pergunto à você: Ele é apenas mais um louco? Ou alguém incomodado com a morosidade das autoridades em resolver certas coisas?

Eu mesmo já tive, e as vezes ainda tenho, vontade de fazer justiça com as próprias mãos. No meu bairro mesmo, todo mundo sabe quem são os assaltantes, sabe onde que fica as boca-de-fumo e tudo mais. Se nós, a população comum, sabe onde que ficam tais coisas, imagine as autoridades policiais. E eles resolvem algo? Lógico que não. Muitas vezes a própria polícia tem acordos com traficantes e grandes bandidos, para deixar as coisas como estão. E a população que se dane!!!

Não quero aqui incentivar ninguém a fazer o que o Phoenix Jones faz, mas ele não é tão louco assim. Eu não queria ser um herói apenas por gostar de quadrinhos, queria fazer o que as autoridades não fazem. Não precisava nem de uma roupa legal, só de um fuzil, visão noturna e um prédio pra ficar de Sniper ferrando neguinho que se mete com cidadão de bem. Queria fazer como o Big Daddy e a Hit Girl.

Com o equipamento e treinamento certo, acho que rola ser vigilante

 

Mas é isso aí, foi um só um pequeno desabafo aproveitando o hype dessas duas últimas semanas envolvendo o assunto. Existem outros meios de combater o crime, você pode se tornar um advogado, um juiz, um delegado, um policial, um perito, ou não votar em político corrupto pelo menos.

 

Para mais posts interessantes acesse o novo Nerdices e Afins, O BobNerd.

comentários
  1. Jonas disse:

    Mteria bem legal. Eu tambem achei o argumento de Kick Ass muito valido. Legal que o QG do cara fica atras de uma estante que tem livros de RPG, eu consegui identificar os Ritos do Dragao e o Guia da Camarilla

    • Bob Mota disse:

      O Phoenix Jones deve ser um nerd original. Parece coisa de história em quadrinhos, um cara tem uma loja de nerdices, trabalha nela durante o dia e combate o crime durante a noite. Dá pra construir uma história a partir disso. Será que ele joga RPG também?

  2. Andhora disse:

    Não sabia da existência de tais grupos… Achei muito legal. Mas não chega perto dos moldes de Batman, Iron Man, etc… tou querendo demais? xD O fato é que quando leio as HQ’s com os seus diversos super-heróis e poderes, eu penso: “Ah… se fosse verdade.”

    • Bob Mota disse:

      Que é bem mais legal ter poderes é. Mas o que me impressionou foi a coragem/loucura desses caras com essa iniciativa. É como eu disse: Eu tenho vontade de fazer isso também, mas sei que minha pele vai correr sérios riscos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s